15 de mai de 2016

Governo Global da Humanidade

Existem sete Princípios que definem o Governo Global da Humanidade e sete Afirmações complementares. Oportunamente vou listar aqui estes Princípios e Afirmações. Neste momento, porém, necessário se faz descrever o propósito e o significado do Governo Global.
De verdade o Governo Global não é propriamente feito de ações externas a nós mas, essencialmente, feito dentro nós. Cada individuo faz por si e consigo mesmo. Então, se cada individuo faz a sua parte, o beneficio será de todos e com certeza a qualidade de vida de todos nós será tremente superior ao que hoje podemos ter. Explico:
Dentro de nós vivem muitos personagens que podemos chamar de os arquétipos; Estes personagens muitas vezes querem assumir posições de destaque utilizado nossas forças e nossa energia. Ou seja, temos uma hierarquia dentro de nós onde o posto mais alto e de maior poder o denominamos de EU SOU. O EU SOU é o mais importante e autentico Ser que nos anima e nos permite ser o que somos. Todos os demais postos são ocupados por personagens auxiliares que formam a nossa própria personalidade. Eles existem apenas para exercerem atividades momentâneas em defesa do EU SOU. Estes personagens não devem jamais ocupar o posto do EU SOU. O EU SOU ocupa o Trono de nossa hierarquia. É o Rei que comanda toda nossa existência. Ai habita o Pai Universal.
Por exemplo, vou citar alguns destes personagens:
1) o Medroso: O medo quando toma conta de nós é porque o personagem Medroso assumiu a posição máxima de nossa hierarquia interna.  O Medroso não poderia jamais ocupar o Trono, mas em algum momento de descuido de nossa parte o fez como em um "golpe de estado". A verdadeira missão do Medroso é muito limitada, cabe a ele apenas nos alertar de um determinado perigo, apenas isto. Então, se a pessoa está atenta, ele diz para o Medroso: "Obrigado Medroso. Você já me avisou do perigo e agora você pode regressar ao seu canto e aí ficar tranquilo. Você já cumpriu sua missão e tem que regressar ao seu lugar." O Medroso não há porque avançar, devendo voltar ao seu canto. Cabe lembrar que o medo paralisa a mente. O Medroso tem em seu poder este tremendo veneno e precisamos estar atentos para não permitirmos que o Medroso paralise nossa mente, pois é assim que ele Medroso assume o Trono. O medo é um veneno que paralisa a mente.
2) O Vaidoso:  O Vaidoso, ao contrário do Medroso, é expansivo e folgado. Gosta de ser aplaudido e visto. O Trono é o lugar perfeito para o Vaidoso. Porém, o Vaidoso chupa toda energia do ambiente tal como faz o medroso, mas apenas de forma diferente. O Vaidoso sempre quer ter razão tem fortes aliados como é o caso do Vingativo e do Traidor. Juntos causam grandes prejuízos.
Bem, eu bem que gostaria prosseguir alertando quanto aos perigosos personagens que fogem de seu posto para ocupar o Trono, mas meu propósito aqui é dizer que o Governo Global cuida exatamente da proteção do EU SOU, para que nenhum ser humano deixe de ser o que ele realmente é e evite ser enganado deixando que os personagens que vivem dentro o confunda com máscaras e estabeleça uma guerra interna pelo poder.

4 de ago de 2012

2012 - Continuar, Recomeçar ou Finalizar?

Nascer de novo é necessário!!!
Cada dia é um novo dia!
A experiência e a Consciência podem ajudar em algo?

11 de set de 2011

Transmutação

A vida consiste em constantes processos de transformação e transmutação.
A transformação pode ser realizada por diversos processos fisico-quimico-biologicos.
A transmutação tem uma inspiração cósmica. É mais sutil. Nada permanece estático.
Seja como for, há muitas maneiras de transmutar-se. A transmutação mais vigorosa e significativa, porém, é da Consciência. Isto implica em mudanças de atitudes.
O homem consciente pode transmutar-se, evoluir-se, transformar todo pensamento negativo em pensamento positivo, transmutando sua existência densa em uma existência mais sutil, porem mais real, em direção a eternidade.
Cada um decide por si mesmo para que isto seja verdadeiro.

28 de set de 2010

Pilar da Iniciação

Iniciar-se é o novo ciclo onde se busca, se aceita, se valora, se conhece, se obedece, se comunga, e se alcança novos níveis de busca, de aceitação, de valoração, de conhecimento, de obediência, de comunhão e de sabedoria. Trata-se de ciclos renovados que possuem uma dinâmica infinita, crescente e ascendente em direção ao ponto mais alto da existência de um Ser.

Iniciar-se é recomeçar com nova Consciência, obtendo níveis cada vez mais elevados.
Iniciar-se é viver a realidade do mundo da Criação.

10 de set de 2010

Pilar da Sabedoria

A Sabedoria possui a essência da Consciência Universal.
Um ser humano que aprendeu a buscar, aceitar, valorar, conhecer, obedecer, comungar e compartilhar poderá estar mais facilmente apto a alcançar a Sabedoria.
Se uma pessoa se mantém atenta e desperta, com todos os seus sentidos ativados e diretamente conectado com a sua origem universal, então, a Sabedoria se manifesta.
Na quietude da Sabedoria está o “Eu Sou”.

5 de set de 2010

Concentração

Concentre em ti mesmo, nos teus diversos sentidos e verás que a Concentração lhe fará conhecer mundos antes nunca visitados. A Concentração lhe permitirá aprofundar-te na tua essência e tu poderás associar-te a cada partícula de ti mesmo.  Crie dentro de ti as relações de interdependência contigo mesmo, através dos teus “eus” que vivem em ti, na tua personalidade humana e em tua personalidade divina. São entidades distintas que devem intercambiar energias de tal modo que produzam algo benéfico a ti mesmo e para outros. Entretanto, o foco deve estar em ti, pois todo o Universo vive em ti.

27 de ago de 2010

Pilar da União

Na experiência interior do homem, a mente encontra-se vinculada à matéria. E as mentes, vinculadas assim à matéria, não podem sobreviver ao perecimento mortal. Abraçar a técnica de sobrevivência é fazer as transformações na mente mortal e os ajustamentos da vontade humana, por meio dos quais tal intelecto, consciente de Deus, deixa-se gradualmente ensinar pelo espírito e, finalmente, deixa-se guiar por ele. Essa evolução da mente humana, a partir da associação material, até a união com o espírito, resulta na transmutação das fases, potencialmente espirituais, da mente mortal, nas realidades moronciais da alma imortal.
A mente mortal se for subserviente à matéria, está destinada a tornar-se cada vez mais material e, conseqüentemente, a sofrer uma extinção final da personalidade; a mente entregue ao espírito está destinada a tornar-se cada vez mais espiritual e, finalmente, a realizar a unificação com o espírito divino, que é sobrevivente e que é o guia para que, dessa forma, se consiga a sobrevivência e a eternidade de existência da personalidade.

(texto extraído do livro "The Urantia Book")

17 de ago de 2010

Transmutação

A vida consiste num constante processo de transmutação. A transmutação é evolução, é movimento.
A transmutação tem uma inspiração cósmica. O homem consciente pode transmutar-se, evoluir-se, transformar todo pensamento negativo em pensamento positivo transmutando sua existência para melhor.
O Homem tem o livre arbitrio de fazer ou não fazer, de trabalhar ou não trabalhar para a sua evolução. Seja como for, o homem tem o dom da transformação, que pode se realizar de forma consciente ou inconsciente e, portanto, escolhendo a melhor maneira de fazê-lo.
A maior transmutação que o ser humano pode realizar é assumir-se verdadeiramente como Filho do Pai, trabalhando para que a sua natureza divina seja mais forte que a sua natureza animal.

10 de ago de 2010

Pilar da Ultimação

Com a Ultimação se estabelece o elo entre o Homem e seu Criador, pois é o cumprimento da tarefa que se realiza em sintonia com o Pai. Com a Ultimação se termina o caráter pessoal de cada ato dando universalidade a cada ação empreendida. Com a Ultimação se revela a Natureza Divina do Homem, pois o Céu e a Terra se realizam dentro e se tornam uno.

Claridade

Ter Claridade é revelar dentro a verdadeira intenção e o verdadeiro propósito existente em cada ato. A Claridade se faz dentro e se manifesta fora em cada instante na certeza e na transparência consigo mesmo, permitindo manter-se desperto e atento. Para se ter claridade é necessário ativar todos os sentidos de modo que se possa ouvir, ver, sentir dentro todos sinais que mostram o Caminho desde as suas origens até o seu destino. Com a Claridade tudo se faz em perfeita ordem com resolução e perfeição.

3 de ago de 2010

Pilar da Glória

O homem só alcança sua plenitude se ele glorifica a sua existência.
Glorificar a existência é honrar o Esplendor da Criação e do Criador.
Ser Glorioso é realizar com Amor recordando em cada instante os dons que o Pai outorgou ao homem para que faça por Ele e em Seu Nome.

25 de jul de 2010

Governo Global da Humanidade

Num dia como hoje, exatamente 17 anos atrás, aconteceu a Promulgação do Governo Global da Humanidade. Deste modo, foi constituída e apresentada para toda humanidade as diretrizes para tornar possível a Manifestação do Governo Divino no Planeta Terra.

Portanto, depende de cada um de nós mantermos viva a chama desta Época de Luz e Vida.
É momento de renovarmos dentro e fora, em Unidade com o mais elevado que possa existir. O Governo Global da Humanidade oferece esta oportunidade a todos os habitantes deste planeta.
Vide em http://www.governoglobal.org/

Pilar da Decisão

No mundo do Pai não há indecisão, não há dúvidas, não há incertezas. O Pai só se revela onde há Decisão.
A Decisão é a base do Caminho. Onde há decisão há propósito e é na pureza do propósito que se glorifica a existência, pois somente com decisão se pode empreender e avançar.
Decidir é ter coragem, desembaraço, disposição, deliberação, persistência e determinação.
Com decisão toda luz se faz, desaparece toda escuridão, novos horizontes se apresentam, novas oportunidades surgem e assim novos mundos são construídos e edificados.
O mundo da consciência é feito de Decisão.

20 de jul de 2010

Caridade

Ser caridoso é dar o verdadeiro pão que alimenta: a Verdade que sacia a sede; a Luz que Ilumina o caminho; a Ordem que extingui o caos.
A Caridade começa comigo mesmo e se estende a outros, pois só se pode dar o que se tem.
Desse modo, o que se tem se estende aos irmãos e a outros compartilhando as graças que, na essência, o Pai nos permitiu ter.

15 de jul de 2010

Salvação

O Pilar da Salvação consiste em alcançar a eternidade.
Isto se faz construindo espaços internos para abrigar uma mente superior dentro, elevando-se a uma condição de crescente consciência da natureza divina que porta a vida humana.
A conexão com os ideais do Criador permite ao homem construir sua morada em outros planos de existência.
Não se pode salvar ou eternizar um corpo material denso, mas se pode salvar e eternizar um corpo sutil construído por altas freqüências vibratórias emanadas de uma concepção participativa com o Pai.

10 de jul de 2010

Altruísmo

Enquanto houver apego não haverá altruísmo, Enquanto não houver renuncia não haverá altruísmo. O altruísmo é um fruto da consideração. Ser altruísta é doar-se. Ser altruísta é não abandonar o outro e nem a si mesmo, pois a essência do altruísmo é compartilhar. O altruísmo é uma manifestação de amor e de impessoalidade e se constitui na maior expressão da presença do Pai em cada um.

5 de jul de 2010

Justiça

Com o Pilar da Justiça se pode compreender a essência de nossa origem e de nosso destino. O Pilar da Justiça tem como balizamento o fiel da balança. Realizar a Justiça é ir além de si mesmo. É integrar-se ao mundo impessoal.

2 de jul de 2010

Verdade

Ser verdadeiro consiste em liberar-se da ignorância. A Verdade é luz.
A Verdade é o maior escudo de proteção que possa existir. Com a verdade não há temor, não há medo, não há dor, não há escuridão.
A verdade é liberadora. A verdade é a base mais importante para qualquer ação ou empreendimento, pois somente com verdade se pode avançar. Ser verdadeiro é caminhar na luz e na claridade. Com a verdade jamais haverá escuridão, jamais haverá paralisia.
Todo benefício somente será ser construído e edificado com a Verdade.

25 de jun de 2010

Igualdade

Aceitar-se como Filho do Pai é aceitar ser igual.
A igualdade é uma questão de integridade, inteireza, retidão, justiça, consciência, pois as ilusórias diferenças entre seres humanos os fazem separar-se esquecendo de que o Pai fez o homem portando sua imagem e semelhança.
Com igualdade se acabam as espertezas perniciosas do ego, se afastam as artimanhas da personalidade, tornando o ser humano muito mais do que aparenta ser.

+  =  -

14 de jun de 2010

Impessoalidade

Ser impessoal é realizar sem espera de resultado para si mesmo.
Ser impessoal é um exercício de valoração da essência da vida.
Toda ação impessoal se constitui em ato universal em ordem de grandeza e qualidade.
Entregar-se e integrar-se ao todo é tornar-se impessoal.

8 de jun de 2010

Vontade Divina

A vida que pulsa em cada um é fruto da Vontade Divina.
A ação de cada pessoa, no entanto, é própria, é individual e depende apenas da sua vontade humana.
Quando o homem comum permite que a Vontade Divina se manifeste através dele, este homem comum pode realizar a Vontade do Pai e se transformar em um agente do Pai.
Realizar a Vontade Divina é um gesto de inteligência, de agradecimento e de reconhecimento da Presença do Pai que vive em cada Ser humano.

30 de mai de 2010

Pilar da Inspiração

Inspirar-se é conectar-se consigo mesmo, na essência onde vive o Pai, o Absoluto.
A inspiração é um dom espiritual, está em níveis superiores, acima da mente humana. A inspiração transforma o homem animal em ser divino.
Toda inspiração flui desde a essência do Ser e reverbera como uma onda desde o seu centro até os mais distantes pontos existentes dentro de cada individuo. A inspiração se manifesta diretamente proporcional ao nível da frequência vibratória estabelecida internamente.
O mundo da Criação possui os mais altos níveis de frequência vibratória.

18 de mai de 2010

Beleza

A beleza não é propriamente um atributo material, mas principalmente resultado da ordem expressada em cada ação.
A beleza tem em si a comunhão entre o espiritual e o material.
A beleza é a inspiração e a emanação da presença do Pai.

10 de mai de 2010

Ordem

Todo universo só existe porque possui uma perfeita ordem.
O ser humano porta em si todos os atributos do universo, sendo tais atributos indispensáveis para a sustentação da vida neste planeta. Isto significa que existe uma Ordem Universal sob um único comando.
Estar em ordem é avançar, é progredir, é desenvolver-se desde o mais denso ao mais sutil. Esta sincronização é indispensável aqui na terra e em todo universo.
Em outras palavras, estar em ordem é estar em sintonia com o Pai, o Criador de todas as coisas.
Estar em Ordem é abrir caminho para os avanços da criação, de modo que o Criador realize sua tarefa através de cada pessoa que alcance viver em Ordem.

2 de mai de 2010

Pilar da Liberdade

Ser livre é o desejo de todo ser humano. A Liberdade é uma das maiores conquistas do ser humano, pois muitas vezes se torna prisioneiro de si mesmo ou de suas próprias criações.
Ser livre é ser pleno tal como o nosso Pai comum nos criou. Ser livre é resgatar a essência do ser humano.
A liberdade é fruto das mais elevadas práticas da Consciência, pois é o resultado da Obediência Iluminada.
Ser livre não significa fazer o que bem quer fazer, mas realizar responsavelmente o que deve ser realizado. A liberdade deve ser de todos e, para isto, haverá que desenvolver o discernimento, a consciência e a responsabilidade.
O Pilar da Liberdade vem logo após o Pilar da Persuasão e antecede ao Pilar da Ordem. Não é por acaso que seja assim, pois estamos descrevendo uma espiral ascendente.

25 de abr de 2010

Pilar da Persuasão

O homem tem basicamente duas naturezas: uma humana e outra divina. Ambas se complementam mutuamente enquanto se vive aqui na terra. A natureza humana, entretanto, possui muitos personagens que desenvolvem o ego. A comunhão entre o ser humano e o ser divino que acontece dentro de cada pessoa faz sintonizar todos os personagens do ego de tal forma que se tornam cooperativos para a existência harmoniosa do Indivíduo, permitindo a livre expressão do seu Ser.
Ao ativar o Pilar da Persuasão ativamos o sentido da cooperação dos personagens que habitam a natureza humana, evitando os confrontos e guerras internas e externas de cada individuo que vive neste planeta.
O sentido da Persuasão é, portanto, prever e prevenir além de prover, com antecipação, todos os eventos e acontecimentos que se apresentam ao ser humano, de modo que possa estar preparado para avançar e desenvolver-se nos planos e propósitos que definem sua missão de viver e sustentar a vida harmoniosamente em todos os níveis de sua existência.
O Pilar da Persuasão é o vigésimo terceiro pilar descrito nesta espiral ascendente que aqui estamos abordando.

18 de abr de 2010

Pilar da Realização

O Pai é o Grande Realizador.
Entretanto, o Pai deu ao homem as condições e as oportunidades de realizar.
Assim, o homem passou a ser o único animal deste planeta que pode realizar a sua própria vontade.
A Realização é um ato de total liberdade, em cumprimento da própria vontade.

Realizar-se se constitui na maior missão de cada ser que habita este planeta. 

No livro de Urantia existe uma preciosa revelação acerca da Realização:

O Ser Supremo está pessoalmente experienciando a realização da unidade da Deidade, como o Deus evolutivo e experiencial das criaturas evolucionárias do tempo e do espaço.”

10 de abr de 2010

Pilar do Entendimento

O Entendimento é desobstruir e permitir a passagem da Luz para revelar a verdadeira idéia, sem os véus que mascaram a verdade. Com o Entendimento nada será ignorado, nada será esquecido, tudo será recordado no tempo e no espaço correto. Com Entendimento toda dúvida e todo temor desaparece.

4 de abr de 2010

Pilar da Iluminação

Com a Iluminação desaparece toda escuridão, toda obscuridade, todo temor, todo medo, toda dúvida. Com a Iluminação o caminho estará sempre visível e sempre haverá por onde seguir com resolução.
Nenhuma pessoa pode esperar alcançar a iluminação da sabedoria imortal se persistir sendo preguiçoso, indolente, fraco, impudente e egoísta. Mas quem for prudente, previdente, reflexivo, fervoroso e sincero pode alcançar a iluminação suprema da paz e da liberdade da sabedoria divina.

30 de mar de 2010

Pilar da Amizade

O mais fiel amigo de um homem é o seu Criador.
Mas, todo homem que considera o outro o faz por amizade. Com a Amizade se constrói novos mundos plenos de luz. Com amizade se desfruta, se sustenta e se preserva o que há de mais importante que é a vida.
Fazer amigos é o destino predileto de todos os seres de boa vontade.
A amizade é portadora da paz e da aliança eterna entre a criação, criatura e criador.

25 de mar de 2010

Pilar da Temperança

A prudência e a moderação se constituem bases da Temperança.
O erro pode ser evitado e para isto se faz necessário ativar todos os sentidos disponíveis ao ser humano, desde o mais denso ao mais sutil.
Com a Temperança o homem realiza sua divina missão nesta terra.

16 de mar de 2010

Pilar da Inteligência Construtiva

A inteligência humana muitas vezes tem sido direcionada para atos equivocados. Entretanto, a conexão direta com a Inteligência Superior se constitui no marco da evolução humana. A Inteligência Construtiva pode e deve ser acessada pelo ser humano, fazendo de si mesmo um agente do Pai na construção de novos mundos onde o ser humano possa glorificar a sua existência como Filho do Pai.
A Inteligência Construtiva é uma oportunidade regeneradora através do sábio uso do tempo, do espaço e da energia.

10 de mar de 2010

Alcançando a Meta (Pilar do Logro)

Alcançar a meta aqui é alcançar Ser, sem armadilhas e sem artifícios. É atingir o cume através da escala da Ascensão. É realizar as mais elevadas aspirações do Ser. É a culminação das mais sublimes aspirações do Ser. É alcançar as Porta do Paraíso como uma realidade tangível para ser vivida.
Recorde que estamos no caminho de Ascensão em direção ao topo de uma pirâmide, em espiral, onde se encontra o Absoluto.

 

5 de mar de 2010

Pilar da Compreensão

Compreender é aceitar conscientemente que existem distintas expressões dentro de cada um e que muitas vezes são antagônicas, mas formam um só corpo harmonioso em Unidade. Compreender é saber que cada parte necessita manifestar-se na medida exata, sem romper com a unidade. Compreender o significado de cada expressão é incorporar cada partícula ao todo, é saber que seu cumprimento é necessário para o equilíbrio e harmonia do todo. Nada estará isolado. Nada estará separado. Nada estará ignorado. Isto é compreender. Assim, o Pilar da Compreensão tem como princípio o verbo incluir.

2 de mar de 2010

Pilar da Unidade


A Unidade não significa um bloco maciço composto de apenas uma só partícula. Na unidade também vive a diversidade. O que determina a Unidade é a conexão com o Absoluto. A Unidade é o encontro com o Pai. A Unidade está representada no ápice da pirâmide, mas está presente em todo corpo, em cada átomo existente. Na unidade vive o motivo comum em prol da vida.

25 de fev de 2010

Pilar da Pureza

O que determina a Pureza não é apenas o bom pensamento ou o querer fazer o melhor. A Pureza não é propriamente uma intenção de ser puro e imaculado. A Pureza se realiza mediante um Código de Conduta incorporado na mente e em cada ação praticada, em cada instante.
É necessário revisar a cada instante os motivos que impulsionam a própria vida. Se há transparência, haverá Pureza.
Não se pode permitir uma só partícula de escuridão, por mais microscópica que seja, que pouse sobre si mesmo. Sendo assim, a Pureza estará presente.

23 de fev de 2010

Pilar da Força

A Força está na mente sadia e consciente. Aí não há medos ou temores. A força provém da mente superior, é criadora, é inovadora, tem vida, tem sutileza e é plena de Amor ao Amor.

18 de fev de 2010

Pilar da Cura

As doenças se desenvolvem no corpo emocional e no corpo mental. Da mesma forma, a cura se desenvolve na mente humana. Todo pensamento, toda palavra, toda ação tem o poder de fazer sanar, desde que seja apoiada na Fé Iluminada. A prática dos dez primeiros pilares aqui descritos já é suficiente para promover a cura, pois reflete um nível de consciência capaz de desenvolver a transformação e a cura. Toda ação externa que se realiza conscientemente é reflexo de transformações internas. A cura se produz quando há uma ampla entrega desde a partícula mais próxima até a partícula mais distante, sob o manto da Fé Iluminada. Portanto, toda cura se desenvolve e se determina a partir da Consciência e Comunhão interna.  

14 de fev de 2010

Pilar da Fé

A Fé é um valor essencial para realizar qualquer ação. Com a Fé se pode transitar em perfeita sintonia por mundos desconhecidos pelo homem comum.
A verdadeira Fé não é uma fantasia cega. A verdadeira Fé tem um importante atributo que é a consciência, a inteligência superior que habita em cada um de nós. É a Fé Iluminada.
O complemento da Fé é a Transmutação. São duas vias, uma que sobe (a Fé) e outra que desce como um manto de proteção e transformação (a Transmutação).
Quanto maior a Fé maior é a transformação.
Que a Fé seja!

10 de fev de 2010

Pilar da Paz

A Paz não existe espontaneamente, tampouco existe ao acaso.
A Paz necessita ser construída em cada instante.
A Paz necessita alianças. Alianças internas e externas.
A Paz começa comigo. Devo conciliar dentro de mim todas as forças. Devo reunir todos os meus "eus" para que se mantenham sob a vigilancia da Paz e da Harmonia.
Externamente, não devo esperar pelo outro, se desejo a Paz. Aqui também a Paz começa comigo!
Pensar em Paz traz as imagens da Paz Ativa e da Paz Passiva.
Sentar em uma montanha e apreciar a paisagem não deve ser o símbolo da verdadeira Paz, pois isto é uma pseudo-Paz. É uma Paz Passiva, que nada constrói, e não garante a harmonia entre seres.
A Paz Ativa, sim, é a verdadeira Paz. Mas depende da dedicação permanente. A Paz Ativa tem como princípio a cooperação e o intercambio, onde todos ganham.  A evolução pessoal e a evolução da humanidade somente são possíveis quando há cooperação e intercambio de forma positiva e ativamente.
Que a verdadeira Paz esteja em nossa mente e em nossas ações, em cada instante!
Que a Paz Seja!

5 de fev de 2010

Misericórdia

Ser misericordioso é ser responsável. Esta é uma definição objetiva para a prática da Misericórdia.
Entretanto, a natureza humana é por si mesma rebelde. Por este motivo existe a Lei para frear os impulsos da rebeldia e, por outro lado, existe a Misericórdia para contrabalançar.
A Lei é implacável. Porém, a Misericórdia não significa permissividade, nem passividade.
Tanto a Lei quanto a Misericórdia fazem parte da natureza Divina, mas ambas necessitam equilibrio. Isto se faz conhecendo a Ordem, a Luz e o Amor Divinos.
Muitas pessoas confundem a liberdade e o livre arbítrio como sendo ilimitados, colocando-se numa postura que vai além do bom senso. É o rebelde que não conhece a Misericórdia e desafia a Lei.
A Misericórdia é uma atitude interna de respeito e consideração a si mesmo e a outros.
Numa família os irmãos crescem e ganham liberdade, mas nunca devem considerar-se imunes ou totalmente independentes. Sempre haverá interdependência, por mais independente que um ou outro possa considerar-se. 
O Pai estará sempre em cada um. Este elo é permanente. Quem aceita ser Filho do Pai certamente estará na escala ascendente, pois entre o caminho da Lei e o caminho da Misericórdia está o caminho em direção ao Pai.
Estender a mão ao outro é um ato misericordioso essencial para a evolução humana, pois a Misericórdia é por si mesma uma manifestação do Pai. 
O Pai é Eterno, estará sempre presente em todo momento. Mas o Pai se manifestará sempre através do homem consciente, do seu Filho.
Por isto que uma das Leis que o homem deve obediência é Honrar o Pai. Da mesma forma, Amar a Deus acima de todas as coisas.
A Misericórdia existe por Amor a Vida e com ela garantimos a irmandade e a liberdade do homem de forma responsável, sob a luz da Consciência. Isto é Misericórdia.

25 de jan de 2010

Pilar da Liberação

Alcançar a liberação é o desejo mais profundo de cada ser que habita este planeta. Ser livre, entretanto, implica em tornar-se mais responsável e mais consciente de si mesmo e de outros.
A Liberação consiste, entre outras coisas, no desapego ao passado para que se construa o novo. Ser livre é reconhecer o aqui e agora.
Liberar-se é reconhecer que o principio e o fim possuem um ponto comum de unidade com o todo.
A Liberação é o resultado do cumprimento de diferentes etapas em ciclos ascendentes e em espiral progressiva. Consequentemente, é também o começo de uma nova etapa.

21 de jan de 2010

Irmandade

A associação de pessoas pode tornar-se uma irmandade se cada um aceita ser Filho do Pai e tenha em si mesmo o propósito comum.
Deste modo, após a Visão, o homem necessita empreender para realizar-se.
Em sua jornada, o homem pode seguir só, mas se estiver num ambiente de irmandade terá maiores chances de alcançar o propósito comum, onde todos ganham.
A irmandade se sustenta no Pai de todos nós, e se completa na cooperação entre todos e no intercambio balanceado onde o bem possa se realizar e expandir.
A jornada humana pode receber a ajuda extra quando há pureza de motivos.

10 de jan de 2010

Visão

Ver é o patamar que se alcança indo além da Esperança.
A Visão é uma revelação interior.
Existem muitas maneiras de Ver, e podemos revelar a Visão mais perfeita, pois nos projetamos em nossas visões.
  
Para Ver, necessitamos nos educar para Ver além das aparências, inclusive.
Quando vemos, expandimos nosso mundo interior.
Ter Visão é ter sensibilidade e discernimento. É enriquecer nossa existência de Luz, Amor e Ordem.
É preciso educar-nos para Ver, pois a educação se divide em duas faces:
Educação das Habilidades; e
Educação das Sensibilidades.
Cada uma depende da outra e juntas se tornam a Visão Perfeita.

5 de jan de 2010

Esperança

A Esperança é o quarto degrau da espiral ascendente mencionada em nosso Blog.
A Esperança vem da Mente Imaculada e do Amor ao Espírito da Verdade.
Sem Esperança não há Vida.
A Esperança é uma ponte que conduz ao infinito, mas não um infinito impossível de ser alcançado, mas algo que seja relevante dando a condição para avançar em benefício do progresso da Consciência.

25 de dez de 2009

Conforto

O Conforto é o terceiro Pilar da espiral ascendente. O Conforto é a tarefa de prover o lugar certo para a coisa certa, ou melhor, é a combinação da coisa certa no lugar certo no tempo certo. O Conforto representa a precisão dos fatos e eventos. O Conforto acontece como continuidade dos movimentos do Serviço e da Vibração, que devem todos cumprir suas metas especificas e, para isto, devem ajustar-se ao adequado nível de qualidade e precisão. Portanto, não é suficiente servir e vibrar, mas servir e vibrar com qualidade e precisão. Em outras palavras, o Conforto é como o refinamento dos eventos.
Tal como uma orquestra, a tarefa do Conforto é alcançar os níveis de excelência na qualidade do Serviço e da Vibração provendo a unidade desses movimentos para o bem de todos os corpos do conjunto que constitui a vida.
O Conforto é uma tarefa sob a respansabilidade de cada individuo.

15 de dez de 2009

A Vibração é movimento. O movimento é energia.

Tudo vibra, desde a menor partícula – o átomo – até a mais infinita dimensão do universo. Tudo vibra em diferentes intensidades, com diferentes freqüências vibratórias. Isto é movimento e energia.
Com movimento e energia construímos novos mundos, novas realidades, novos fatos.
Com a perfeita Vibração podemos Servir melhor, com a qualidade e a intensidade desejáveis.
As notas musicais, as cores, a luz, a energia elétrica, o pensamento, as atitudes, as palavras, tudo que existe, vibra.
As combinações de freqüências vibratórias resultam em conjuntos ou unidades que podem ser harmoniosos ou não.
Cada pessoa tem sua própria vibração, por si mesmo, podendo variar de freqüência a cada instante conforme as combinações internas, atitudes, pensamentos, palavras, etc. Essas combinações de freqüências internas resultam em conjuntos ou unidades, que denominamos corpos, dando a cada pessoa a possibilidade de ser única.
Não existem duas pessoas que vibram iguais, mas podemos sintonizar-nos em diferentes freqüências vibratórias através dos pensamentos, palavras, sentimentos, atitudes, ações, agindo internamente ou externamente.
Cada pessoa tem a possibilidade de construir-se, ou reconstruir-se.
Podemos construir ou destruir utilizando a freqüência vibratória que emanamos internamente e externamente.
Podemos eleger as melhores freqüências vibratórias e emanar nossa onda vibratória por todo o ambiente onde estamos.

10 de dez de 2009

Pilar do Serviço

O Serviço é o ponto inicial para avançar desde a base em direção ao topo da espiral - no núcleo central do universo.
Servir é uma decisão individual, voluntária, cujo propósito é construir e manter a essência da existência.
Se não houver Serviço não haverá nada, pois tudo voltará ao ponto onde nada existe.
Daí se pode concluir que "A recompensa do Serviço é mais Serviço".




25 de nov de 2009

Espiral Ascendente: Caminho de Libertação

   Falando sobre espirais, a simples idéia de uma espiral é suficiente para visualizarmos o movimento que representa uma espiral. Esse movimento poderá ser ascendente ou descendente, ou poderá ter simultaneamente ambos os movimentos. Bem, a imaginação de cada um poderá ainda ver muito mais. Seja como for, nosso foco aqui é o movimento interno que cada individuo é capaz de fazer, passando por diferentes estados de Consciência.
   Entretanto, enquanto estamos neste planeta temos uma estrutura básica que descrevemos como sendo algo plano, de natureza animal, e apenas nos diferenciamos do animal quando assumimos a responsabilidade de dar movimento ascendente para nossa existência, cuja representação mencionamos como sendo uma espiral ascendente, e assim passamos existir em outras dimensões a partir desse movimento interno.
   O movimento que constitui essa espiral certamente possui uma ordem que a sustenta como tal. Os diferentes estados de Consciência devem permitir ao ser humano praticar atitudes internas e externas capazes de elevar gradualmente sua existência a patamares universais, saindo assim de sua base plana para outras dimensões. O instrumeto para essa "viagem cósmica" são os Pilares, ou simplesmente degraus de uma escada ascendente. Cada Pilar ou degrau dessa “escada” poderia também ser chamada de Virtude, que nos eleva a níveis cada vez mais distantes da natureza animal, dando ao homem a oportunidade de romper as barreiras de seu estado de prisioneiro da força da gravidade que o impulsiona a um estado plano de existência.
   Sim, estamos aqui na terra como prisioneiros e para libertarmos necessitamos construir algo que nos eleva aos céus de uma forma consistente de modo que sejamos algo mais que um simples corpo animal. Esta proposta não é uma ficção, mas um desejo humano existente desde milhares de anos atrás.
   Então, necessário se faz ir além da estrutura mineral, química e biológica que constitui o animal. Temos que construir internamente algo que equivale a uma nave capaz de nos conduzir além da gravidade a que estamos submetidos. Temos que nos transformar em seres universais para libertarmos da prisão em que estamos. Esta "nave" se consrói a cada dia desenvolvendo a Consciência, rompendo as barreiras da ignorância na qual estamos mergulhados.